[ editar artigo]

O que o advogado deve fazer para conseguir mais clientes através do Google?

O que o advogado deve fazer para conseguir mais clientes através do Google?

Como saber o que as pessoas querem saber? Essa resposta vale bilhões de dólares e tornou o Google uma das maiores empresas do mundo. Com a lição ensinada pela maior autoridade da Internet em oferecer respostas, até mesmo o advogado iniciante é capaz de se tornar uma autoridade para o mercado em que atua.

Imagine que você pretende adquirir um carro. Antes da compra, você pesquisa os preços e funções, pede informações de amigos que entendem do assunto e avalia as diferentes marcas. Caso fique indeciso entre dois veículos que têm valores similares, provavelmente vai escolher o carro da marca mais consolidada no mercado, que possuir as melhores funções e que tiver sido bem recomendado pelos amigos.

Na Internet, funciona da mesma forma. Apresentar um conteúdo mais relevante, ser indicado por quem domina o assunto e consolidar a própria autoridade sobre um tema são parte do processo de “compra”. Estes e vários outros fatores (estima-se em mais de 200) fazem o Google enxergar você como alguém que possui autoridade e relevância sobre aquele assunto, levando o advogado ao primeiro lugar do site de buscas.

Neste artigo, você vai saber o que escrever e quais ferramentas usar para seu escritório de advocacia ser encontrado nas buscas dos clientes:

  • Como escrever algo interessante para quem procura por advogado?

  • Quais as principais pesquisas na área de atuação do advogado (e como usar ferramentas gratuitas para descobrir as respostas)?

  • Como construir um artigo jurídico que alcance o topo do Google?

  • Qual a importância de manter uma boa campanha no Google Ads?

 

Como captar novos clientes através do Google?

Buscar na Internet a resposta para um problema é uma das atividades mais comuns no dia a dia. Se alguém precisa resolver algo que envolve entrar na justiça, caso não conheça nenhum advogado nem tenha indicação confiável de um amigo ou parente, o mais provável é que pergunte ao Google uma sugestão sobre o que fazer.

Ou seja, a pergunta correta que o advogado deve fazer para captar esse cliente em potencial é: Como  escrever algo que interesse ao cliente que procura por um advogado?

É por isso que, antes de mais nada, é necessário identificar as necessidades dos clientes em relação aos serviços que você tem a oferecer. Identificar o "desejo" do cliente faz com que qualquer “venda” seja mais eficiente. No universo jurídico, a regra é a mesma: é fundamental fazer as perguntas certas e oferecer as respostas que o cliente busca.

Parece simples? Suponha que um cliente em potencial busca na internet um advogado para dar entrada em um processo ou para resolver algum problema na justiça. Antes do fechamento de qualquer contrato de prestação de serviço jurídico, ele vai passar por todas estas etapas:

  1. Tenho um problema que precisa ser resolvido na justiça;

  2. Entro na internet e busco a solução ou informações relevantes no Google;

  3. Encontro um conteúdo que explica perfeitamente como devo resolver meu problema;

  4. Leio também outros materiais do mesmo autor para ter certeza da credibilidade e avalio o profissionalismo do site ou o que outros em quem confio dizem sobre ele;

  5. Entro em contato para saber mais informações e o que devo fazer para resolver a situação.

Ou seja, para o advogado ser visto por esse cliente em potencial e conseguir “vender” o serviço de forma a se destacar mais que as outras dezenas (centenas, milhares…) de escritórios de advocacia concorrentes na mesma região geográfica e área de atuação dele, precisa criar o conteúdo mais atrativo e relevante para conquistar a confiança do internauta.

Ainda acha que está fácil? É só lembrar que todo esse esforço em gerar bom conteúdo vai servir apenas para seu conteúdo ser visto. Além de atrair e informar com clareza, o produto criado pelo advogado precisa gerar no potencial cliente uma confiança no conhecimento que o profissional possui sobre o assunto, de modo a gerar uma ação por parte do interessado - que objetiva, enfim, a formalização do contrato de representação jurídica.

Uma das principais dicas para ser encontrado no Google é escrever sobre um assunto que está sendo muito buscado atualmente. Isso significa estar atento ao noticiário para saber quais as novidades nas decisões políticas e econômicas que estão impactando a vida da população na sua região - mas também pode ser feito com uma ajudinha de algumas ferramentas que vamos ensinar logo mais.

Outro conselho é fazer um planejamento relacionado às pautas cíclicas, aquelas que se repetem anualmente e são de interesse em períodos específicos do ano: declaração de Imposto de Renda, abusos na compra de material escolar, calendário de pagamento do IPVA, julgamentos marcados no STF ou STJ com grande impacto na sociedade...

Quais as principais pesquisas na área de atuação do meu escritório?

Ficar atento ao noticiário e às decisões que impactam possíveis clientes do seu escritório de advocacia dão trabalho e consomem muito tempo. Provavelmente, você não tem este tempo disponível.

O mais importante neste primeiro passo é identificar quais são as principais pesquisas, termos, perguntas e palavras-chave relacionadas ao trabalho do advogado. Algumas ferramentas gratuitas ajudam a identificar o que os clientes buscam:

  • Descobrir palavras-chave com o Google Trends:
    Acesse https://trends.google.com/trends/explore, defina a localização geográfica da área de atuação do seu escritório, o período de tempo desejado e digite um tipo de processo ou área de atuação que interesse a você para construir autoridade a respeito.
    Ao buscar sobre pensão alimentícia, o Google Trends oferece palavras-chave relacionadas que se destacam nas buscas dos usuários e que podem ser úteis para escrever algum conteúdo:

  • Veja se o tema sobre o qual pretende escrever possui um bom volume de buscas com o Ubersuggest:
    Acesse https://app.neilpatel.com/br/ubersuggest/ e digite as principais palavras-chave que encontrou no Google Trends. Ele vai te responder com o volume de buscas mensais sobre aquele assunto e sugerir termos relacionados.

  • Após encontrar um termo com bom volume de buscas, você já pode usar os insights do próprio Google para descobrir as principais perguntas relacionadas. Perceba que o algoritmo já induz o usuário a pesquisar palavras-chave de determinada forma, o que pode ser muito útil para usar a mesma fórmula na construção dos textos e campanhas.
    Ainda no rodapé da primeira página do Google, é possível descobrir quais as principais pesquisas relacionadas à palavra-chave.

  • Outra ferramenta útil neste momento de descobrir perguntas dos clientes sobre sua área de atuação é o SEMRush Keyword Magic Tool:
    Acesse https://pt.semrush.com/analytics/seomagic/ e faça a “busca por correspondência ampla de perguntas”.

  • Por último, abra o Answer the Public (https://answerthepublic.com) e busque o mesmo termo que deseja escrever. As bolinhas verdes indicam a frequência com que a pergunta é feita.


É importante também analisar a concorrência. Busque no Google o termo sobre o qual vai escrever. Veja o que estão escrevendo os principais concorrentes que aparecem na primeira página de buscas. É possível extrair destes algumas boas sugestões de perguntas respondidas por outros sites e replicar (de um jeito ainda melhor!) no conteúdo que vai ser produzido.

Quanto mais você aprender a "afunilar" as palavras-chave, analisando o volume de buscas e o número ou qualidade das respostas que os concorrentes oferecem a respeito daquele problema, melhor vai ser o resultado para aparecer nas buscas

Ao final deste caminho, o advogado já deve ter um bom número de palavras-chave em mãos para começar a escrever conteúdo com autoridade para chegar ao topo do Google e conquistar mais clientes.

No exemplo que mostramos, há inúmeras sugestões para criação de conteúdo: pensão por morte, como declarar pensão alimentícia no imposto de renda, lei da pensão alimentícia, valor da pensão alimentícia, até que idade se paga pensão alimentícia, pensão alimentícia atrasada, quanto tempo demora um processo de pensão alimentícia, qual a porcentagem da pensão alimentícia, como calcular a pensão alimentícia, como requerer pensão alimentícia, impostos pagos por quem recebe pensão alimentícia, como pedir pensão alimentícia.

 

Como construir um texto que alcance o topo do Google?

Supondo que você já definiu seu foco, escolheu as palavras-chave ideais, planejou as pautas e sabe exatamente o que irá abordar, é chegado o momento de produzir o conteúdo que realmente irá se conectar com o seu público-alvo. Aparecer como "solução" para os problemas do seu público-alvo, será uma das suas melhores estratégias para conquistar novos clientes sem ferir o código de ética e disciplina da OAB.

Como escrever sem fazer publicidade e infringir as normas da OAB? Como fazer o texto sem “juridiquês” e com uma leitura de fácil entendimento? O que escrever para me destacar? Como escolher fotos e vídeos para usar em um artigo?

Conseguir cumprir todas essas etapas de planejar um conteúdo e não ser capaz de criar um texto informativo (nunca publicitário!) que realmente atraia o leitor, pode acabar não gerando nenhum resultado para o advogado. Técnicas de Search Engine Optimization (SEO), ou seja, construir um conteúdo otimizado para as buscas dos usuários, são fundamentais para obter um bom resultado.

O texto deve ser simples e sem excesso de linguagem jurídica, para que o menos escolarizado dos leitores possa compreender. O que o advogado está a oferecer com artigo publicado é exatamente o mesmo que você diria para um familiar ou um amigo que sentiria prazer em ajudar, explicando as principais formas de resolver o problema daquela pessoa e sem "segundas intenções".

É importante frisar a diferença entre fazer publicidade e criar conteúdo sobre um tema de relevância jurídica. É proibido dar caráter comercial à prestação do serviço jurídico: o advogado não pode anunciar que está ganhando processos sobre determinada causa, oferecer descontos para quem se interessar em contratar o advogado, convidar potenciais clientes a entrar com ações na justiça etc.

Em vez disso, é possível informar que uma cobrança ilegal de imposto pode ser contestada, explicar às pessoas quais os direitos que elas têm sobre o pagamento da pensão alimentícia, orientar sobre como saber se o empregado foi vítima de alguma conduta imprópria no local de trabalho etc.

Por fim, dentro do artigo recém-criado, é possível inserir um “call-to-action”. Nada mais do que um convite (“Ainda tem alguma dúvida? Quer fazer alguma pergunta? Entre em contato com…”). É assim que o leitor que desejar mais informações, melhor orientação ou explicações sobre aquele assunto, pode entrar em contato com o profissional que produziu material relevante a respeito.


 

Qual a importância de manter uma boa campanha no Google Ads?  

O Google Ads é a plataforma de anúncios do maior buscador do mundo. Quanto maior a concorrência sobre um assunto, construir sua autoridade sobre aquele tema se torna mais difícil e demorado, exigindo muito mais do que apenas escrever um bom conteúdo, mas também ser indicado por outras autoridades da área, ter um site otimizado para buscas, possuir redes sociais com relevância...

Por que anunciar no Google? Enquanto sua autoridade vai sendo construída pouco a pouco, os anúncios no Google Ads conquistam clientes para o escritório de advocacia e garantem um retorno financeiro mais imediato para o investimento.

Uma boa campanha de anúncios precisa “comprar” as palavras-chave mais relevantes para o seu conteúdo e “excluir” palavras relacionadas ao tema, mas que não geram o resultado desejado (clicar no anúncio e, claro, entrar em contato com o advogado).

Para uma boa campanha funcionar, é importante possuir um site otimizado para SEO (Search Engine Optimization) e responsivo (adaptável às telas de computador, tablet ou celular), além de produzir conteúdos de qualidade.

Algumas das métricas do Google Ads vão ajudar a indicar se aquele anúncio está ou não atingindo o resultado desejado:

 

 

  • Cliques: Número de vezes que algum usuário clicou no anúncio;
  • Impressões: Número de vezes que o anúncio foi veiculado;
  • CTR: Taxa de cliques (“Click-through rate”, em inglês) mostra o percentual de pessoas que clicam no anúncio, após visualizá-lo.
  • CPC Médio: Custo médio por clique (“Cost per click”, em inglês) indica quanto você está pagando por cada clique de alguém interessado no seu anúncio.
  • Custo: Exibe o custo total da campanha.
  • Posição média: Mostra em que posição seu anúncio está sendo exibido no Google.

Como você pode observar no exemplo que ilustramos, campanhas profissionais no Google Ads podem dar um excelente resultado a um preço muito baixo. Afinal, de que outra forma seria possível divulgar o seu escritório e conseguir, em menos de 30 dias, 392 cliques de possíveis clientes interessados ao custo médio de 27 centavos por pessoa e o investimento de apenas R$ 107?

A 3MIND Marketing Jurídico é especialista em executar estratégias de marketing que constroem a sua autoridade e resultam em oportunidades de negócio. Não fazemos conteúdo para manter seu site atualizado, fazemos conteúdo para aumentar seu faturamento.

Somos a solução para advogados que não têm tempo para executar as estratégias que ensinamos acima. Nossa função é planejar, redigir e gerenciar suas ações de marketing, 100% do trabalho é feito por nós!   

Quer saber tudo o que podemos oferecer? Fale conosco agora pelo WhatsApp (41 98876-1105).

3MIND Marketing Jurídico
Taiguara Rangel
Taiguara Rangel Seguir

Jornalista com 10 anos de experiência em afiliadas da Rede Globo, sendo 4 anos como supervisor e editor-chefe no Portal G1 e gestão de redes sociais nas TVs Asa Branca, Cabo Branco e Paraíba. Fã de SEO, marketing digital, cinema, violão e futebol.

Ler matéria completa
Indicados para você