[ editar artigo]

Marketing jurídico: vale a pena publicar sem impulsionar?

Marketing jurídico: vale a pena publicar sem impulsionar?

Foi-se o tempo em que não haviam filtros de exibição e alcance nas Redes Sociais. Há alguns anos o Facebook, que também é dono do Instagram e WhatsApp, lançou diversas ferramentas para que as empresas pudessem criar anúncios de seus produtos e serviços, pagando para alcançar mais usuários.

Com o passar dos anos, as ferramentas de anúncio foram se aprimorando cada vez mais e tornando-se disponíveis para qualquer tipo ou tamanho de empresa, inclusive para criar anúncios de marketing para escritórios de advocacia. Para estimular o uso de tais ferramentas, o Facebook criou o que chamamos de "filtros de exibição", que são algoritmos feitos para impedir que publicações feitas por empresas apareçam com frequência em sua timeline.

Para os usuários, os filtros de exibição são bons pois impedem que sejam bombardeados de propagandas que não tenham nenhum interesse. Já para as empresas e advogados que escolhem trabalhar com marketing digital, os filtros dificultam muito o alcance de resultados reais. Recentemente o próprio Facebook divulgou que a exibição das publicações de páginas comerciais é para, em média, apenas 1% dos seguidores.

Então, se eu não impulsionar, não vou ter resultados?

Calma, não é bem assim. Existem dois tipos de resultados quando falamos em marketing digital: o pago, que vem através dos impulsionamentos, e os resultados orgânicos. Chamamos de resultado orgânico aquele que é alcançado sem investimento em anúncios. E como fazer para obter resultados orgânicos para meu escritório de advocacia?

Muitas páginas possuem alcances absurdamente altos sem fazer nenhum tipo de investimento, isso porque o público se identifica com as publicações e acabam compartilhando e marcando seus amigos nos comentários. Dessa forma, mesmo sem investimento, a própria rede de engajamento faz com que o post alcance milhares de pessoas.

Como criar conteúdos jurídicos que tenha engajamento?

Aqui na 3MIND, somos defensores vorazes da criação de conteúdos jurídicos focados e que realmente entreguem soluções para os problemas que o público procura. Depois de muitos testes, validações e cases de sucesso, nós aprendemos: o resultado de uma publicação é proporcional ao valor e utilidade que ela entrega ao número máximo de pessoas.

Muitos advogados ficam com "medo" de entregar informações demais ao público e preferem fazer publicações sobre "Dia da Árvore, Dia do Médico, etc.", para estes, a falta de resultado é um fato. Não faz sentido acreditar que uma publicação vai entregar mais informações do que todas que já estão disponíveis na Internet. A diferença é que quanto mais seu escritório entrega ao público, maior será a autoridade dele no assunto. Entenda a importância da criação de autoridade para o seu escritório com foco em suas áreas de atuação.

E você, já teve experiências com publicações não impulsionadas? Deixe seu comentário e conta pra gente como foi e quais foram seus aprendizados.

Somos especialistas em executar ações de marketing jurídico com foco em prospecção de clientes, atendemos escritórios em todo Brasil. Conheça alguns dos nossos cases e visualize na prática como fazemos.

Dúvidas? Deixe um comentário ou fale conosco pelo WhatsApp.

Ou então, caso prefira, agende uma reunião agora mesmo.

 

3MIND Marketing Jurídico
João Brondi
João Brondi Seguir

Designer e Gerente de Marketing especializado em impulsionar as vendas e construir a autoridade de empresas.

Ler matéria completa
Indicados para você